Sir Alex Ferguson, o treinador mais vitorioso da história do futebol inglês com 49 títulos conquistados (38 títulos no Manchester United) e um dos maiores do mundo, admitiu no evento de lançamento da Copa dos Campeões Internacionais em Nova York que tentou levar o grande zagueiro italiano Paolo Maldini para os Reds Devils durante o tempo que esteve comandando o clube.

O que impediu o italiano dessa transferência acontecer foi a fidelidade que a família do jogador tem pelo clube de Milão. Maldini ganhou sete títulos da Serie A e cinco títulos da Liga dos Campeões durante uma carreira de 25 anos no AC Milan. Ele era muito técnico e, como é ambidestro, era perfeito nos desarmes, nos dribles e nos lançamentos precisos. Em 1995, Maldini foi escolhido pela FIFA o segundo melhor jogador do mundo.

Paolo Maldini foi o maior ídolo do clube de Milão (AP Photo / Alberto Pellaschiar))

No evento, Ferguson lembrou, ao lado do zagueiro, que o pai de Maldini, o ex-chefe da seleção italiana Cesare, deu uma belíssima sacudida em sua cabeça. “Eu tentei [assinar com Maldini], mas quando eu conheci seu pai, um homem formidável, ele disse: ‘Meu avô é Milan e meu pai também. Eu sou torcedor do time de Milão, portanto os meus filhos são Milan. Esqueça'”.

O treinador, que se aposentou após ter conquistado seu último título da Premier League no final da temporada 2012-13, admitiu que sente muita falta desses grandes jogos. “Devo admitir, sinto falta dos grandes jogos. As finais são fantásticas. No ano seguinte da minha aposentadoria, fui assistir a final da Liga dos Campeões entre Atlético de Madrid e Real Madrid foi então que disse a Cathy (sua esposa):  ‘estes são os jogos’. A excitação ferve dentro de você e eu realmente sinto muito a falta disso “, finaliza ele.

Ferguson GIF - Find & Share on GIPHY