Neste sábado, a seleção brasileira estreará contra o Equador, às 23h, pelo Grupo B da Copa América Centenária, no Estádio Rose Bowl, em Pasadena, subúrbio de Los Angeles, Califórnia. Com seis desfalques de última hora, um com problemas particulares e outros por lesões, ao meu ver o time brasileiro está improvisando antes de começar a competição.

Claro que tem muitos jogadores de clubes de elite, nacionalmente ou internacionalmente, que se destacam em seus clubes. Mas, atualmente, os jogadores e, muito menos os torcedores, não dão a mínima para a camisa amarelinha como era antigamente.

“No meu tempo, era um orgulho ser convocado para a Seleção. Chegava-se às lágrimas quando o nome não era anunciado. Nos últimos anos, a direção da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) vulgarizou as convocações e tirou a expectativa dos torcedores até para jogos oficiais”, escreveu Romário, ex-jogador campeão com a seleção e deputado estadual do Rio de Janeiro, nas redes sociais.

Sem Ricardo Oliveira, Ederson, Rafinha, Douglas Costa, Kaká e Luiz Gustavo, quase meio time da primeira convocação foi trocado antes de começar. De acordo com o baixinho as contusões são normais e não teriam como prever, mas seis, na fase de treinamentos é demais para ele. “E aí temos mais uma Seleção sem confiança. Os improvisos são resolvidos na semana da estreia”, comentou.

Claro que os substitutos, como já mencionado no texto, não são quaisquer jogadores como Paulo Henrique Ganso, Lucas do PSG dentre os outros. Mas, essas contusões acabam prejudicando os clubes brasileiros que ainda estão atuando nas temporadas.

Romário ainda diz que os clubes que cedem seus jogadores na medida que surgem as contusões se tem vários prejuízos para o conjunto do time. “O planejamento dos técnicos para o Campeonato Brasileiro é atropelado pela improvisada gestão da CBF. E o atleta que se lasque, com viagens emergenciais”, publicou.

Com essa desordem, o ex-atleta diz que um simples jogo com o Equador já tira o sono da CBF. “Um país menor que o estado do Maranhão, mas em segundo lugar nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, já assusta os pentacampeões”, finalizou.

Leia a publicação de Romário na íntegra clicando AQUI!