Fala a verdade, o Brasil é ou não é o verdadeiro celeiro de craques? Pensando nisso, a Nike iniciou, no começo deste ano, uma verdadeira busca pelo camisa 9 mais matador do Brasil e não poupou esforços para isso!

Além do Futebol nas 4 Linhas, outros três canais sobre futebol no YouTube participaram da busca pelo verdadeira terror das defesas adversárias: Banheiristas, Futebol de Rua HD e WLPSKS – Wendel Lira. Sensacional, né? Todos os canais deveriam escolher um jogador para representar a sua bandeira naquele que ficou conhecido como o #DesafioMeteCaixa.

Um quinto selecionado também fez parte da disputa. Ele ganhou o direito de participar do evento após participar de um desafio exclusivo com o centroavante Leandro Damião, realizado na Nike Store, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O evento contou também com a presença de três jogadores reconhecidos pelo seu faro de gol: Jô (Corinthians), Felipe Vizeu (Flamengo) e Rodrygo Goes (Santos). Os profissionais analisaram com todo cuidado para escolher aquele que merece seguir os seus passos! Para conduzir o evento, Felipe Andreolli e Fábio Brazza agitaram a galera presente na Warehouse.

Dentre todas as atividades realizadas no evento, os jogadores tiveram que provar as suas habilidade em quatro desafios: Só Tapa, pontuação baseada no acerto de alvos localizados nos cantos do gol, Quem Ganha Fica, um contra um, Estilo Matador, gols marcados da maneira mais letal em três jogadas pré-definidas e uma ao estilo-livre, e o grande Desafio Final, a temida disputa de pênaltis.

O carioca Eduardo Goulart, representante do Futebol nas 4 Linhas, mandou bem demais durante todas as atividades e chegou na tão sonhada final. Apesar do seu excelente desempenho durante todo o evento, não conseguiu assegurar o título e perdeu nos pênaltis para o paulistano Raphael Salles, que levou para casa o cinturão dourado Mete Caixa e foi coroado como o camisa 9 mais letal do Brasil!